Betim começa a aplicar dose de reforço em crianças de 5 a 11 anos na quarta (1º) | O TEMPO Betim
 
Vacina contra a covid-19

Betim começa a aplicar dose de reforço em crianças de 5 a 11 anos na quarta (1º)

Poderão receber o complemento os pequenos que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses

Publicado em 27 de fevereiro de 2023 | 15:03

 
 
Procura pela vacina para crianças de 3 e 4 anos também está baixa. Das 1.401 que já receberam a primeira dose, apenas 462 voltaram aos postos para tomar a segunda Procura pela vacina para crianças de 3 e 4 anos também está baixa. Das 1.401 que já receberam a primeira dose, apenas 462 voltaram aos postos para tomar a segunda Foto: Prefeitura de Betim
normal

A partir da próxima quarta-feira (1º) começa a ser aplicada a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. De acordo com informações divulgadas pela Prefeitura de Betim, poderão receber o complemente os pequenos que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses.

Para evitar perdas, a imunização seguirá um cronograma em cada uma das 38 Unidades Básicas de Saúde (confira ao fim da matéria). No ato da vacinação, a criança deve estar acompanhada de um dos pais ou responsável, que deve apresentar os documentos de identificação próprio e da criança.

Caso esteja acompanhada por um terceiro, este deve apresentar um termo de autorização de vacinação assinado pelos pais, que pode ser acessado no portal da prefeitura (clique aqui). O imunizante utilizado será a formulação pediátrica da Pfizer.

Balanço

De acordo com um balanço parcial da Secretaria Municipal de Saúde, até 23 de fevereiro, 36.840 (95,5%) crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose e 29.342 (76,1%) receberam a segunda. 

A diretora de Vigilância em Saúde, Fábia Ariane e Fonseca, destaca que o reforço é necessário, pois ainda há a circulação de variantes do vírus no país e, após um intervalo de quatro meses da vacinação, há uma redução da resposta imune.

“As vacinas são seguras e são a melhor forma de evitar o agravamento da covid-19, por isso pedimos aos pais que levem seus filhos para receberem o reforço”.

Confira a escala de vacinação, que funciona a partir do dia 1º de fevereiro:

- Segunda-feira, das 8h às 16h
UBSs: Alcides Braz, Alterosas, Bandeirinhas, Cachoeira, Campos Elíseos, Citrolândia, Icaivera, Sítio Poções e Vila Bemge

- Terça-feira, das 8h às 16h
UBSs: Angola, Cidade Verde, Cruzeiro do Sul, Guanabara, Marimbá, Trincheira e Vila Cristina

- Quarta-feira, das 8h às 16h
UBSs: Alvorada, Bueno Franco, Celso Pedrosa, Colônia, Dom Bosco, Imbiruçu, Paulo Camilo e Vila Recreio

- Quinta-feira, das 8h às 16h
UBSs: Caic/Capelina, Duque de Caxias, Nova Baden, Parque do Cedro, Petrovale, Teresópolis e Vianópolis

- Sexta-feira, das 8h às 16h
UBSs: Homero Gil, Laranjeiras, Nossa Senhora de Fátima, Novo Amazonas, Petrópolis, PTB e Universal

Clique aqui para acessar os endereços das unidades.