Saúde

Betim prorroga vacinação contra a meningite para público ampliado

Podem receber a dose pessoas entre 16 e 30 anos, trabalhadores da saúde e da educação, além de estudantes dos ensinos superior e técnico

Publicado em 27 de fevereiro de 2023 | 20:27

 
 
Nove casos da doença foram registrados em Belo Horizonte no ano passado Nove casos da doença foram registrados em Belo Horizonte no ano passado Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil.
normal

Foi prorrogada em Betim, na região metropolitana de BH, para até o dia 30 de abril, a vacinação contra a meningite para o público-alvo ampliado.

A medida da prefeitura, que segue recomendação da Secretaria de Estado de Saúde, abrange pessoas com idade entre 16 e 30 anos, trabalhadores da saúde e da educação, além de estudantes dos ensinos superior e técnico.

A vacina meningocócica C segue disponível nas 38 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município, das 8h às 17h, e no Vacimóvel. 

A ampliação tem como objetivo reforçar a proteção dos moradores da cidade contra a meningite bacteriana do sorogrupo tipo C e outras doenças causadas pela bactéria meningococo.

Balanço

Segundo balanço parcial da Secretaria Municipal de Saúde, de junho de 2022 a 17 de fevereiro de 2023 foram aplicadas 23.210 doses da vacina para o público ampliado em Betim. 

Podem ser imunizadas pessoas que não completaram o esquema vacinal (duas doses iniciais + dois reforços da vacina meningocócica C ou da vacina ACWY). Aqueles que foram vacinados com um dos dois imunizantes há menos de cinco anos não precisam receber outra dose.

“Quem ainda não se vacinou e faz parte desse público-alvo ampliado deve aproveitar a oportunidade temporária para garantir a imunização. As vacinas são seguras e são a melhor forma prevenir doenças”, alerta a diretora de Vigilância em Saúde de Betim, Fábia Ariane e Fonseca.