Denúncias

Betim: Record concede direito de resposta a ex-procurador-geral

Emissora exibiu conteúdo por matéria do dia 3 de maio, em que denunciou supostas ameaças de morte recebidas pelo ex-secretário de Saúde de Betim, as quais, segundo o noticiário, teriam relação com o então procurador-geral

Publicado em 21 de junho de 2023 | 22:04

 
 
Cypriano afirma que sempre esteve tranquilo durante o inquérito Cypriano afirma que sempre esteve tranquilo durante o inquérito Foto: Ronaldo Silveira
normal

A Rede Record de Televisão exibiu, na noite desta quarta-feira (21), no programa "MG Record", o direito de resposta ao ex-procurador-geral de Betim, na região metropolitana de BH, Bruno Cypriano por matéria jornalística exibida pela emissora, em 3 de maio, que denunciou supostas ameaças de morte que o ex-secretário de Saúde de Betim, Cláudio Arruda, teria sofrido na época por telefone.   

Conforme noticiado pela emissora, o homem que estaria ameaçando o então secretário de Saúde teria relação com o então procurador-geral do município. A matéria dizia ainda que Bruno Cypriano seria o mandante das supostas ameaças. 

“Já foi comprovado que todas as afirmações são inverdades. O próprio Cláudio Arruda disse em depoimento feito no Procedimento Administrativo Disciplinar instaurado pela Secretaria Adjunta de Corregedoria da Prefeitura de Betim que em nenhum momento falou o meu nome e que o boletim de ocorrência está mal redigido. Além disso, o inquérito instaurado pela Polícia Civil também concluiu que não houve ameaça ao ex-secretário”, afirmou  Cypriano. 

Na época em o que fato ganhou repercussão nos veículos de comunicação, o Executivo de Betim informou que mobilizou a Guarda Municipal para garantir escolta ao então secretário de Saúde e que acionou os comandos das polícias Civil e Militar.  

No dia 5 de maio, o município anunciou o início de uma reforma administrativa, com a troca de lideranças de várias pastas da administração municipal, inclusive da Secretaria da Saúde e da Procuradoria-Geral.