Paciente com ELA pede ajuda para tratamento paliativo | O TEMPO Betim
 
Saiba como ajudar

Paciente com ELA pede ajuda para tratamento paliativo

Bruno Macedo conseguiu admissão em clínica particular nos Estado Unidos; tratamento custa R$ 250 mil

Publicado em 10 de novembro de 2023 | 10:00

 
 
Família de Bruno está confiante no tratamento em Miami Família de Bruno está confiante no tratamento em Miami Foto: Arquivo pessoal
normal

Bruno Macedo, de 44 anos, está numa corrida contra o tempo para arrecadar recursos pra custear um tratamento paliativo nos Estados Unidos.

Em 2018, ele foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e, agora, encontrou a possibilidade de desacelerar a progressão da doença – que não tem cura – por meio de procedimentos realizados na Body Science, uma clínica particular sediada em Miami. Para conseguir embarcar com a família, que o auxilia em todas as atividades, ele precisa levantar cerca de R$ 250 mil.

“O tratamento dura quatro semanas. Eu sou professora e não tenho como me ausentar do trabalho por 30 dias no meio do ano letivo. Então, queremos aproveitar o período de férias escolares, em janeiro”, explica a esposa de Bruno, Ana Paula Macedo.

A família do ex-administrador, que está aposentado, criou uma vaquinha virtual pra conseguir o valor necessário.

Quem quiser contribuir pode acessar a página da vaquinha. Prima de Bruno, Adalgiza Macedo está coordenando a campanha em Betim. “As pessoas estão se envolvendo de maneira muito solidária”, afirma a familiar.