Secretária do governo de MG vem a Betim apresentar programa Vias de Inclusão | O TEMPO Betim
 
Parceria

Secretária do governo de MG vem a Betim apresentar programa Vias de Inclusão

Iniciativa será mostrada para empresas na manhã desta terça (19). Em Betim, a ação é realizada pela Seter

Publicado em 18 de setembro de 2023 | 16:44

 
 
Elizabeth Jucá, secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social Elizabeth Jucá, secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social Foto: Luiz Santana/ALMG
normal

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-mg), Elizabeth Jucá e Melo Jacometti, vem a Betim, na região metropolitana de BH, nesta terça-feira (19),  para apresentar, em parceria com a Prefeitura de Betim, o programa Vias de Inclusão, que visa reduzir a população em situação de vulnerabilidade no Estado. 

O encontro ocorrerá às 10h,  na sede da Superintendência de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), órgão municipal que gerencia a realização das oficinas do programa na cidade e que fica localizado na rua Tito Pedrosa, 55, no bairro Angola. 

Segundo o governo de Minas, o programa tem como proposta alterar positivamente a trajetória de pessoas que vivem em situação de rua, ao capacitar, promover a contratação por meio de empresas parceiras e dar suporte para saírem da condição de mendicância, oferecendo ações de qualificação socioemocional e profissional.  

O objetivo da apresentação é sensibilizar as empresas da cidade para a oferta de vagas para a população em situação de rua, além de mobilizar a participação do público contemplado no projeto, que, em Betim, já ocorre em formato piloto desde fevereiro.

Na ocasião, também será realizada  a entrega simbólica de peças de vestuário aos participantes do projeto para que tenham roupas adequadas para usar em entrevistas de emprego. Os itens foram doados pela Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg).

Vias de Inclusão

O programa do Governo de Minas oferece oficinas gratuitas com temáticas socioemocionais, além de mundo digital e economia solidária,  que visam a preparação para a inserção ou reinserção da população em situação de rua no mercado de trabalho e têm duração de nove meses. A segunda turma do ciclo piloto em Betim já está em andamento. As oficinas ocorrem às terças, quartas e quintas, das 14h às 17h, na Seter. 

A expectativa é que o programa atenda 60 pessoas por ciclo de oficinas no município. A busca ativa por pessoas aptas a serem beneficiadas pelo programa na cidade já está sendo realizada pelo Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro Pop) e pela empresa contratada pelo Estado para ministrar as oficinas. 

“O programa tem como objetivo alterar a trajetória da população em situação de rua, promovendo formações adequadas para saírem da condição de mendicância, mediante ações de qualificação social e profissional”, explica o superintendente de Trabalho, Emprego e Renda, Tarcísio Pimentel.